luz, gás a água cortadas ao fim de 20 dias de aviso

de acordo com o diploma publicado esta segunda-feira, 28 de Janeiro, em Diário da República, "em caso de mora do utente que justifique a suspensão do serviço, esta só pode ocorrer após o utente ter sido advertido, por escrito, com a antecedência mínima de 20 dias relativamente à data em que ela venha a ter lugar".

o regime em vigor, que dá lugar a este novo daqui a três meses, estabelece como antecedência mínima os 10 dias.

Sem comentários:

Enviar um comentário