retenção na fonte e o efeito dos duodécimos

pensionistas e trabalhadores por conta de outrem passam a descontar muito mais por mês. com o agravamento das taxas e a aplicação da sobretaxa, um casal em que cada um ganhe 1500 euros brutos e tenha dois filhos, perderá 146 euros líquidos mensais.

12 cenários que a DECO apresenta:




O EFEITOS DOS DUODÉCIMOS

Como pode verificar por estes 12 cenários, comparando um mesmo salário bruto de 2012 com o de 2013, há um decréscimo do rendimento mensal disponível. esse efeito só é eliminado se incluirmos o pagamento dos subsídios em duodécimos. mas, à medida que aumenta o rendimento, diminui esse efeito de atenuação.

para solteiros com rendimentos acima de 2700 euros, por exemplo, nem o pagamento em duodécimos impedirá a diminuição do rendimento líquido mensal.

no caso dos funcionários públicos e pensionistas, o pagamento em duodécimos (do único subsídio que lhes resta) é obrigatório. no privado, é opcional. o trabalhador terá 5 dias a partir de 29 de janeiro para informar a entidade patronal da sua escolha. poderá receber metade de cada um dos subsídios em duodécimos e a outra metade nas datas normais, ou receber os subsídios na totalidade nas datas habituais.

Sem comentários:

Enviar um comentário