(deve ser a tal luz ao fundo do túnel) Portugal com saldo externopositivo pela primeira vez em 18 anos


a economia portuguesa apresentou uma capacidade líquida de financiamento de 0,4% do PIB no ano passado, o que compara com uma necessidade de financiamento de 5,6% do PIB em 2011, de acordo com o relatório divulgado esta segunda-feira, dia 11 de Março, pelo Instituto Nacional de Estatística referente às contas nacionais.

muitos economistas têm salientado que o equilíbrio das contas externas de Portugal é um dos factores mais positivos do processo de ajustamento da economia nacional desde o pedido de ajuda externa. Em 2008, a economia portuguesa apresentava uma necessidade de financiamento equivalente a mais de 10% do PIB, sendo que nos dois anos seguintes permaneceu em valores próximos de 8% do PIB.

as expectativas do Banco de Portugal apontam para que este ano o saldo da balança comercial portuguesa seja positivo, o que tenderá a melhorar ainda mais a capacidade de financiamento da economia portuguesa.


NOTA:
Capacidade ou a necessidade de financiamento, segundo o INE:
A capacidade ou a necessidade de financiamento do total da economia é igual à soma das capacidades ou necessidades de financiamento dos sectores institucionais. É o montante líquido dos recursos que o total da economia coloca à disposição do resto do mundo (se for positivo) ou que recebe do resto do mundo (se for negativo). A capacidade ou a necessidade de financiamento do total da economia é igual, mas de sinal contrário, à necessidade ou à capacidade de financiamento do resto do mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário