vem ai mais um ano "grátis" a pagar

a Troika vai ceder e oferecer mais um ano para o pagamento da dívida.

a maioria vai esquecer que este relaxamento significa agravamento da dívida.

serão tantos quantos os que acham que com mais tempo e mais dinheiro este desemprego não se teria registado e mais ao menos os mesmos que não reconhecem (nunca) que a estratégia que o Governo seguiu até agora produziu resultados na acentuada descida das taxas de juro da dívida pública e no acesso ao mercado financeiro. but who cares about 'alívio da restrição financeira', right?

5 comentários:

  1. a malta não gosta de ler, ok, sempre podia ver uns gráficos - http://jcastilho.blogspot.pt/2013/03/a-culpa-e-toda-do-socrates.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. outros gostam de ler mas só em francês.

      o homem que defende deixou uma dívida pública de 173 mil milhões de euros e um défice público de 17 mil milhões de euros.

      sem ele, no ano passado, reduzimos essa dívida para 7,5 milhões. o que quero dizer é que sem o PS o Estado alcançou uma redução da despesa de 10 mil milhões de euros.

      ainda quer gráficos?

      Eliminar
  2. boa, agora está sujeito a aprovação, todo mundo gosta do lápis azul

    ResponderEliminar
  3. se este não precisar de mais, ficamos por um ano de adiamento - http://www.youtube.com/watch?v=OcxS1zYWJms&feature=player_embedded

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não me diga que queria OUTRA nacionalização no BANIF?

      Eliminar