de 4% para 4,5%


agora que se inverteu o argumento aduzido até aqui para se conseguir a redução do deficit - hoje, a economia portuguesa cresce acima do previsto e há melhoria da conjuntura exterior - o Governo quer acrescentar 800 milhões à nossa dívida? porquê? 

onde os vai gastar?

Sem comentários:

Enviar um comentário