coisas para arquivar


o pedido de desculpas de Rui Machete a Angola não se resume a um momento infeliz. é um acto lamentável e perigoso. surpreende como é que um político experiente se presta a um papel de subserviência, com a agravante de termos uma Procuradoria que vai para o segundo ano de investigação e eu adivinho facilmente a conclusão do processo.

Sem comentários:

Enviar um comentário