o país que adora resgates

"Na sexta-feira, no debate parlamentar com o primeiro-ministro, a primeira coisa que o líder da oposição resolveu fazer foi precisamente jogar com o resgate, de uma forma inútil e demagógica. E infelizmente num registo de falsas promessas e de ilusões próximo daquele que o PSD usou na campanha eleitoral de 2011. A questão é saber se os portugueses vão voltar a acreditar no milagre da multiplicação dos pães que Seguro promete de cada vez que fala". Teresa de Sousa, Público, 20131006

Sem comentários:

Enviar um comentário