Sousa Tavares lá descobriu que não há um único funcionário público despedido entre os 600 mil desempregados

Expresso, 09112013

Sem comentários:

Enviar um comentário