preparando uma saída limpa, discutindo o cautelar...à irlandesa


hoje o IGCP poderá conseguir amortizar mais mil milhões de euros dos 8,2 mil milhões que ainda restam na linha de obrigações do Tesouro a reembolsar em 2015. 

originalmente havia a pagar 13,4 mil milhões de euros em 2015, no primeiro ano em que Portugal não conta com o apoio financeiro da troika, valor que pode cair para 7,2 mil milhões.

se o montante inicial a manter-se até indiciaria um segundo restaste, este anuncia, no mínimo, um programa cautelar cujas restrições queremos discutir... à irlandesa.   

Sem comentários:

Enviar um comentário