mais uma dívida do "bom tempo"


a Casa do Douro acumula uma dívida de 160 milhões de euros ao Estado e brevemente deve ir a Conselho de Ministros, depois à Assembleia da República, a proposta de um acordo de dação em pagamento pela instituição, em que o Estado fica com vinho, no valor de 137 milhões de euros (avaliado por uma universidade) e um montante de 30 milhões de euros será perdoado.

pessoalmente, não me importo de pagar mais esta dívida mas muito gostaria de saber se a Casa do Douro com os seus 70 empregados e sócios (agora "livres") é ou não viável. e se não for, para que é que existe?

Sem comentários:

Enviar um comentário