a incapacidade da Segurança Social em passar as regras do papel para a prática


desde Fevereiro que os recibos verdes podem pedir à Segurança Social para baixarem de escalão. mas a história repete-se: máquina emperrada faz com que os pedidos se acumulem, sem resposta alerta o Negócios.

O que mudou em Janeiro para recibos verdes
Cai regime para quebras acentuadas
O Governo extinguiu o regime especial para quebras abruptas de rendimento. 

Descer dois escalões em vez de um
o TI passa a poder descer ou subir dois escalões, bastando para tal comunicar esta intenção à Segurança Social. poderá fazê-lo em Novembro, quando lhe for comunicado o escalão correspondente, e pode novamente fazê--lo em Fevereiro e Junho de cada ano, desligados do rendimento.

Rendimentos baixos com novas regras
quem tenha um rendimento relevante anual abaixo de 12 vezes o IAS (7.186 euros) passa a descontar automaticamente sobre 50% do IAS. por outro lado, ficam dispensados da obrigação de contribuir todos os trabalhadores independentes que apresentem um rendimento relevante durante um ano inferior a seis vezes o IAS (3.593 euros). 

Sem comentários:

Enviar um comentário