outra vez, Argentina?


o incumprimento da Argentina tem um impacto difícil de prever. mas é certo que as grandes empresas terão mais dificuldades no acesso a financiamento internacional, o peso argentino poderá desvalorizar penalizando a inflação que já vai nos 40%, as reservas do país poderão ser gastas para fazer face a responsabilidades externas e um analista da Bulltick Capital Markets sedeada em Miami, ouvido pela Reuters, apontou para uma recessão de 2%, em vez de 1%.

e a tempestade já era perfeita...

Sem comentários:

Enviar um comentário