sinais inquietantes também na Turquia


a Turquia teve eleições este domingo para Presidente da República. infelizmente sem surpresas, ganhou, como se esperava, Recep Tayyip Erdogan. e sem dúvidas: logo à primeira volta. os sinais de que o regime se está a tornar menos democrático e menos amigo do Ocidente são cada vez mais inquietantes. comecem a esquecer, também, a separação de poderes na Turquia.

neste artigo do Washington Post explica-se com piada a personagem: um líder político de 60 anos que é capaz de marcar três golos de rajada numa partida de futebol e o guarda-redes adversário ainda ficar agradecido…

Sem comentários:

Enviar um comentário