uma história muito longe de estar contada


uma brutalidade: 3,6 mil milhões de euros. e um duríssimo comunicado do Banco de Portugal. começa a poder falar-se abertamente de acções à margem da lei.

Sem comentários:

Enviar um comentário