novas regras para candidaturas aos fundos comunitários

empresas com salários em atraso ficam de fora, as que falhem os prazos de execução perdem 40% do apoio - e incentivos que podem ir até 75% do investimento, diz o Económico.

Sem comentários:

Enviar um comentário