o voyeurismo português que não incomoda ninguém


o Processo fiscal de Passos teve 106 acessos indevidos em menos de um ano e que a maior parte dos funcionários alegou “curiosidade” para o fazer.

nos Estados Unidos todos os anos são abertos cerca de quinhentos inquéritos a funcionários da administração fiscal por acesso não autorizado aos ficheiros dos contribuintes. eu também não sabia, descobri-o ao ler o texto do João Taborda da Gama, no Diário de Notícias, um texto com um título relativamente críptico: 2 128 419,00 euros, mas interessante para começarmos a pensar, como sociedade, um pouquinho melhor (ou é pedir muito?).

Sem comentários:

Enviar um comentário