Porque é que só Cavaco Silva e Evans-Pritchard estão preocupados




O PS admite acabar com a prova de admissão de professores, ler outra vez, admite (é a tal prova em que 60% dos candidatos a professores de físico-química reprovam).

Congela obras públicas ao mesmo tempo que anuncia o regresso das eólicas e barragens.

Armando Vara pode estar de regresso como administrador do Banco Ético pela sua muita experiência bancária e necessidade de dar empréstimo a subprimes.

Costa volta atrás na TSU das empresas garantindo que os 12 sábios também erram.

Como a Tesla já revelou que o futuro dos postos de carregamento é a substituição directa da bateria, o PS quer investir em postos de carregamento para carros eléctricos.

A ideia dos 2/3 do António Costa, sendo ele um político, vai servir, não se enganem, para o PS poder continuar a fazer demagogia com obras públicas e pôr as culpas de não as construir na Direita (vai ser um "fartote" de correntes humanas por essas bonitas vilas e cidades deste jardim à beira-mar plantado...).

Neste texto, só precisa de escolher a área para escolher o que prefere para fazer a sua primeira avaliação às contas de António Costa e, depois, sugiro que leia o Rui Ramos que se dedica a explicar "Porque é que só Cavaco Silva e Evans-Pritchard estão preocupados".

Sem comentários:

Enviar um comentário