A polémica com os números do desemprego

"Em 2005, quando o PSD deixou o Governo, a taxa de desemprego era de 7,6%. Em 2011, quando o PS deixou o Governo, herdámos um desemprego de 12,7%". E conclui: "Ou seja, numa fase em que não faltava dinheiro para nada, o desemprego quase duplicou.

O PSD utilizou um tempo de antena para mostrar um vídeo em que volta à carga na polémica com os números do desemprego… para garantir que tem razão ao afirmar que Portugal é hoje um dos cinco países europeus onde o emprego mais cresce.

Sem comentários:

Enviar um comentário