MI: Fisco vai atribuir de forma automática isenção

A isenção do IMI destina-se aos agregados que declarem um rendimento bruto anual inferior a 15.295 euros (este valor foi atualizado este ano, sendo antes considerados 14.630 euros) e que sejam detentoras de imóveis de valor patrimonial até 66.500 euros. Até aqui exigia-se que todos os anos (até 30 de junho) as famílias elegíveis formalizassem na sua repartição de Finanças o respetivo pedido.

Sem comentários:

Enviar um comentário