A "brincadeira" explicada a totós

Assistimos a uma certa forma de mutação política. Viriato Soromenho Marques pergunta :  Novo PREC ou PPPC? sugerindo que aquilo a que estamos a assistir não é um “processo revolucionário”, pelo menos semelhante ao de 1975, mas algo diferente: “Aproveitando os seis meses de "imortalidade" que a Constituição confere a novos governos que coincidem com presidentes em crepúsculo de mandato, A.ntónio Costa conseguiu transformar o registo semipresidencial do regime num parlamentarismo quase tão puro como o da Câmara dos Comuns. (…) Desta vez, a rua não cerca o Parlamento nem sequestra os deputados, como em 1975. Muitos eleitores, quando muito, poderão sentir que a sua intenção de voto foi deturpada pelos eleitos [face a] (…) um PPPC (Processo de Parlamentarismo Puro em Curso), através do qual os deputados interpretam o poder que lhes foi conferido, não na forma mínima de "espelho representativo", mas na liberdade máxima de um verdadeiro "filtro representativo”.

Sem comentários:

Enviar um comentário